Minho

A cidade de Braga e o Legado Romano

Categoria: Aventura, Escapadela de Fim de Semana, Família, Histórico, Qualquer Tipo de Viagem

Conheça Bracara Augusta, hoje conhecida por Braga, uma das cidades mais jovens e vibrantes do país, mas também a mais antiga, com 2.000 anos de história!

Descubra a S√© Catedral mais antiga de Portugal, com o surpreendente √≥rg√£o de tubos barroco no seu interior. Passeie pelas movimentadas ruas comerciais do Centro Hist√≥rico, enquanto descobre o legado romano. Encontre ruinas visit√°veis ‚Äč‚Äčpor toda a cidade e alguns dos edif√≠cios barrocos mais impressionantes de Portugal.

1. Balneários Pré-Romanos de Bracara, na Estação de Comboios

Este Balne√°rio Pr√©-Romano, destinado a rituais de banho turco, foi identificado em 2003 durante trabalhos arqueol√≥gicos realizados pela Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho, no √Ęmbito das obras de remodela√ß√£o da esta√ß√£o ferrovi√°ria. Consiste num forno, uma sauna a vapor e uma sala intermedi√°ria com bancos corridos, cuja parte preservada foi integrada ao edif√≠cio atual da esta√ß√£o ferrovi√°ria. No local, h√° informa√ß√Ķes sobre o funcionamento e o uso do banho, para que possa ser visitado gratuitamente e durante o hor√°rio de funcionamento da Esta√ß√£o de Comboios.


2. Muralha Romana e Rua da Violinha

Esta rua liga o Largo da Praça Velha e a Rua D. Paio Mendes. O nome desta rua resulta de uma possível alteração, pelo uso popular do nome "vielinha". Durante algum tempo, foi popularmente conhecida como a rua das galinheiras, uma vez que os antigos moradores da rua criavam galos, galinhas e perus. Há quem diga que o nome atual da rua está relacionado com a produção dos populares cavaquinhos, que se fazia nalgumas casas da rua. O que sabemos é que é a rua mais estreita da cidade e que os bracarenses têm um carinho especial por ela.

 

3. Sé Catedral de Braga

A Sé Catedral de Braga foi a primeira catedral portuguesa, erguida várias décadas antes da fundação do país. Começou a ser construída no final do século XI, foi consagrada e dedicada à Virgem Maria pelo Bispo D. Pedro, em 1089, e é o ex-libris da cidade. O Conde Henrique e a Condessa Teresa, pais do primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques, estão sepultados aqui, na Capela dos Reis. Os historiadores acreditam que a catedral foi construída no topo de um antigo templo romano.

Vale a pena dar a volta √† Catedral para ver a peculiar figura de Nossa Senhora do Leite, uma r√©plica da original, que se encontra no Museu do Tesouro da S√© de Braga e que tamb√©m poder√° visitar. Esta figura est√° relacionada com o culto a figuras associadas √† abund√Ęncia, √† magia, √† natureza e √† maternidade, conhecidas dos Bracaros, o que se confirma com a associa√ß√£o deste mesmo local √† Deusa Isis.

 

4. Casa Romana, nas Frigideiras do Cantinho

Em 1996, no √Ęmbito da √ļltima remodela√ß√£o do edif√≠cio das Frigideiras do Cantinho ‚Äď onde se vendem os hom√≥nimos folhados minhotos, de carne picada ‚Äď foram encontradas estruturas pertencentes a uma casa romana, datadas dos s√©culos III a V. As ru√≠nas revelam que existia a√≠ um compartimento aquecido por sistema de hipocaustos com colunas, banhos privativos, como tantas outras identificadas na Bracara Augusta. As ru√≠nas s√£o preservadas in situ, pelo que √© poss√≠vel v√™-las atrav√©s de um pavimento de vidro no interior do estabelecimento.

 

5. Largo de Santiago e Marco Mili√°rio

Neste largo, encontramos um monumento com o formato de um marco mili√°rio. Os marcos romanos foram colocados nas estradas romanas em intervalos de cerca de 1480 metros, e inscreviam o n√ļmero de milhas relativas a essa estrada, contendo tamb√©m a dist√Ęncia ao f√≥rum romano e outras informa√ß√Ķes sobre a sua constru√ß√£o. A dist√Ęncia foi medida pelos passos dados pelos ex√©rcitos romanos. Cada mil passos duplos foram marcados com um marco. Podemos ver v√°rios exemplares destes marcos mili√°rios no museu D. Diogo de Sousa, tamb√©m na cidade de Braga.

 

6. Domus Romana do Largo de S√£o Paulo

Em 1998, foram identificadas várias paredes romanas. O posicionamento das muralhas na cidade romana permite-nos saber que foram integradas num bloco residencial, por fazerem parte de uma domus (uma casa de família). As características da construção e o facto de algumas delas cobrirem o espaço da rua permitiram perceber que as estruturas pertenceram a dois momentos distintos de ocupação. As paredes mais antigas datam do séc. I e II (Fase I), em vários espaços associados ao quadrante noroeste da casa, alguns dos quais provavelmente corresponderiam a lojas que se abriam para um pórtico. Tal como noutras domus mais conhecidas da cidade, o espaço do pórtico parece ter sido construído no século IV, depois do qual se expandiu a habitação, o que já ocorreu no século V / VI (Fase II).

 

7. Domus da Escola Velha da Sé

Entre 1998 e 2003, no √Ęmbito de um projeto promovido pela C√Ęmara Municipal de Braga, efetuou-se uma interven√ß√£o com o objetivo de reformular o interior arquitet√≥nico do edif√≠cio da Antiga Escola. Durante as escava√ß√Ķes identificaram-se vest√≠gios de parte de uma casa romana, bem como estruturas associadas ao sistema defensivo medieval da cidade de Braga. A interpreta√ß√£o dos vest√≠gios arqueol√≥gicos levou-nos a saber que a casa romana (domus) teve a sua origem no s√©culo I, sofrendo profundas altera√ß√Ķes entre o s√©culo III e o in√≠cio do s√©culo IV. Nessa altura, passou a dispor de um balne√°rio privativo, novos compartimentos e corredores, que foram revestidos com mosaicos de composi√ß√£o geom√©trica. O espa√ßo atual √© um Museu Arqueol√≥gico, dotado de meios interativos para receber visitantes e contar a hist√≥ria da evolu√ß√£o arquitet√≥nica do local, que vale a pena visitar.

 

8. Termas Romanas do Alto da Cividade

Descobertas numa intervenção arqueológica conduzida pela Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho, entre 1977 e 1999, as termas romanas situam-se numa grande área vedada. A interpretação dos vestígios a que se referem permite afirmar que o edifício foi construído no início do século II dC e que apresentava uma forma retangular, com cerca de 40m de comprimento por 12m de largura. Dentro dele, havia vários compartimentos frios e quentes que permitiam aos visitantes moverem-se entre os espaços frios e aquecidos. A Oeste, está localizado um espaço destinado à prática de exercícios físicos.

Em 1999, foram identificados no mesmo terreno vest√≠gios arqueol√≥gicos relativos a um teatro (ainda n√£o totalmente escavado), nas zonas norte do edif√≠cio termal, cuja constru√ß√£o deve ter ocorrido em simult√Ęneo com a dos banhos termais, estando assim a eles associada. No espa√ßo arqueol√≥gico do "Alto da Cividade" √© atualmente poss√≠vel visitar os vest√≠gios arqueol√≥gicos das termas romanas e a sua √°rea de rece√ß√£o p√ļblica est√° equipada com um dispositivo interativo que permite ao visitante perceber a evolu√ß√£o do edif√≠cio e as suas fun√ß√Ķes dos seus v√°rios espa√ßos.

 

9. Fórum Romano

Nas antigas cidades romanas, os f√≥runs eram um espa√ßo aberto rodeado por edif√≠cios p√ļblicos, que serviam como ponto de encontro e que poder√£o ter sido uma readapta√ß√£o da √°gora grega. Eixo central do urbanismo em qualquer cidade de funda√ß√£o romana, o f√≥rum foi tamb√©m um local de mercado, de cerim√īnias religiosas e dos atos c√≠vicos mais importantes de qualquer cidade.


10. A Fonte do √ćdolo

Classificado como Monumento Nacional desde 1910, a Fonte do √ćdolo √© um santu√°rio rupestre, dedicado a um deus local chamado Tongoenabiago, associado aos cursos de √°gua. O monumento, que sobreviveu at√© aos dias de hoje, pode ser visitado na Rua do Raio, atrav√©s de visita guiada, num contexto que concilia a hist√≥ria e a arqueologia.

Gostou de conhecer um pouco do legado romano desta cidade com mais de 2000 anos de hist√≥ria? H√° muito mais para descobrir, entre marcas do romano, do barroco e edif√≠cios contempor√Ęneos. N√£o pode perder a visita a uma das cidades mais belas de Portugal e recentemente eleita Melhor Destino Europeu 2021!

Viagens Sugeridas
CriaŐĀmos programas e pacotes de viagem que lhe permitiraŐÉo conhecer tudo o que de melhor Portugal teŐām para oferecer. Escolha o seu destino, selecione um dos nossos roteiros e viaje em Portugal connosco!
Construa a sua viagem
Selecione o seu hotel preferido, os restaurantes onde deseja fazer as suas refeicŐßoŐÉes e as atividades que tem curiosidade em experimentar. NoŐĀs tratamos do resto!